Kester 10 G

|

Fale Conosco - contato@kester.net.br |

Inicio |

Vale pediu direito para explorar minas e governo de MG consentiu antes de rompimento de barragem


Sofia Granzzoti
Por Kester 10 G
Brumadinho - 11/02/2019

Mesmo com um laudo contrário, que pedia para não se explorar mais minas no entorno da barragem rompida da mineradora Vale em Brumadinho, MG, a empresa tentava se fortalecer no quesito de exploração na localidade.
Em dezembro do ano passado, conforme reportagem já antes veiculada nas páginas de Kester 10 G, a mineradora conseguiu apesar de muita discussão, licenças para operar na base que tecnicamente deveria estar desativada.

Um laudo divulgado em julho do ano passado por uma empresa de consultoria alemã, atesta que a barragem poderia se tornar em risco, se novas explosões ou se veículos pesados tramitassem no solo das minas, no entorno do córrego do feijão.
A mineradora mesmo assim, ignorou os alertas e pediu ao governo de MG, que concedeu, a autorização para executar obras e explorar a barragem.

O resultado, ainda não se sabe se as obras haviam começado, foi o rompimento da barragem em si no dia 25 de janeiro e até aqui, a morte de mais de 150 pessoas, com tantas outras desaparecidas.
A Vale por sua vez, não quis se manifestar sobre as novas revelações, em especial do laudo que já atestava a instabilidade dessa barragem hora rompida.
Mas sempre tem ressaltado, que tudo que a empresa fez estaria nas normas da lei.
De fato, não deixa de ter razão. Tinha as licenças para operar.
O que se quer saber, é por qual motivo ignorou o laudo que pedia que não fossem feitas mais operações de exploração no lugar, sob o risco de acontecer exatamente o que aconteceu.
De novo, evidenciasse mais que nunca, as responsabilidades da mineradora frente a mais este ponto que resultou na tragédia em Brumadinho, que ainda é protagonizada.
O problema está justamente aí. Há outros pontos de barragens da Vale que precisam de um olhar atento do governo, das autoridades, pois precisa-se saber se estão sob as mesmas condições que esta rompida.

|||

Críticas, sugestões ou denúncias - Fale com nossa Equipe jornalismo@kester.net.br

Banco do Brasil |

Trailblazer - O carro para toda a família |

Clínicas Santa Clara Onor |

Café L'or |

O Boticário |

Cacau Show |

Bradesco |

Italac

|||

Copyright (c) 2018. -
Todos os direitos reservados.
Proibido repassar. |