Kester 10 G

|

Fale Conosco - contato@kester.net.br |

Inicio |

Para onde vai nossa educação


Ester Marini
Por Kester 10 G
Brasília - 08/04/2019

Desde janeiro, o Brasil tem passado por uma série de problemas e polêmicas que não estão sendo cessadas.
Ao contrário, sua capacidade de inovar e aumentar são incríveis até mesmo para um governo que ainda não conseguiu achar seu rumo.
O Ministério da Educação, segue registrando problemas sob problemas e seu líder, Ministro Ricardo Rodríguez, tem uma capacidade ímpar em não conseguir resolver tais problemas.
Ao contrário, a cada vez que abre a boca para dizer algo, piora a situação.
Ninguém quer se manter na Pasta, que encontra dificuldades em firmar lideranças técnicas.
E os que lá permanecem, são por convicção pessoas que querem mudar tudo o que aí está, destruindo anos ou décadas de uma política de Educação, que apesar de precisar sim de reajustes, é a correta para o país avançar.
Muitas Pautas que precisavam estar em discussão, e passando por melhorias, acabaram por travar a situação e tornar a permanência de Rodríguez no cargo insustentável.
O Presidente Bolsonaro sabe disso, tanto que promete uma solução para 8 de abril, data em que esta se atualiza.
Mas, até por conta de todo desgaste do governo, a solução óbvia, demissão para o Ministro, deveria ter sido tomada lá atrás, quando as primeiras polêmicas vieram, em fevereiro.
A demora em Bolsonaro para agir, mostra um pouco das fragilidades de seu governo, que ainda não conseguiu se encontrar.
Se até o Presidente reconheceu recentemente que não nasceu para o cargo, o que esperar dos anos que se sucedem até 2022, quando em tese termina este mandato?

|||

Críticas, sugestões ou denúncias - Fale com nossa Equipe jornalismo@kester.net.br

|

Next - Faz Acontecer |

Trailblazer - O carro para toda a família |

Claro |

Clínicas Santa Clara Onor |

Faculdades Anhanguera |

Café L'or |

Banco do Brasil |

Nextel |

O Boticário |

Cacau Show |

Italac

|||

Copyright (c) 2018. -
Todos os direitos reservados.
Proibido repassar.

|

Compartilhar no Whatsapp